Confisco alargado de bens

A inclusão dos déficits da regulação dos riscos na esfera penal

Palavras-chave: Confisco Alargado de Bens, Proporcionalidade, Déficits de Regulação de Riscos, Eficientismo, Garantismo

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar criticamente o novel instituto do Confisco Alargado (art. 91-A, Código Penal). O contexto de introdução desse efeito da sentença condenatória e a Expansão do Direito Penal é a Sociedade de Riscos. Por meio de revisão bibliográfica e análise documental, com enfoque predominantemente dogmático, chega-se à conclusão de que não seria legítimo, adequado e necessário o alargamento da perda patrimonial no ordenamento jurídico brasileiro, como efeito da condenação, para bens que não tenham correlação com a imputação criminal. Para a realização da pesquisa adota-se o método hipotético-dedutivo de Karl Popper.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Luiza Horácio Buta, Universidade de Brasília

Advogada voluntária na Defensoria Pública da União. Bacharel em Direito pela Universidade de Brasília - UnB. Especialista em Direito pela Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro - FEMPERJ. Especialista em Direito Penal, Anticorrupção e Compliance pelo Instituto New Law/Uniftec. Pós-Graduação em andamento em Direito Penal e Criminologia pelo CEI-Introcrim/CERS.

Referências

ANDRADE, André Lozano. Os problemas do direito penal simbólico em face dos princípios da intervenção mínima e da lesividade. Revista Liberdades, n. 17, p. 99-117, set./dez. 2014. Disponível em: <https://ibccrim.org.br/publicacoes/redirecionaLeituraPDF/7399>. Acesso em: 20 jun. 2021.

ANDRADE, Fernando Rocha de Andrade. Confisco Alargado. Revista Semestral da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, ano 1, v. 1, jul./dez. 2019. Disponível em: <http://online.fliphtml5.com/ujhej/zmjj/#p=4>. Acesso em: 20 jun. 2021.

BADARÓ, Gustavo Henrique; BOTTINI, Pierpaolo Cruz. Lavagem de dinheiro: aspectos penais e processuais penais: comentários à Lei 9.613/1998, com alterações da Lei 12.683/2012. 4. ed. São Paulo: Thomson Reuters Brasil, 2019.

BARATTA, Alessandro. Criminologia crítica e crítica do direito penal. Rio de Janeiro: Revan, 1999.

BATISTA, Nilo. Introdução Crítica ao Direito Penal Brasileiro. 10. Ed. Rio de Janeiro: Revan, 2009.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva. Direito penal e economia: tutela penal da ordem econômica. Revista da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, v. 14, p. 63-77, 2008.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva. Os discursos de emergência e o comprometimento da consideração sistêmica do direito penal. Boletim IBBCRIM, São Paulo, ano 16, n. 190, p. 17, set. 2008.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva. Valor, norma e injusto penal: considerações sobre os elementos normativos do tipo objetivo no Direito Penal contemporâneo. Coleção Ciência Criminal Contemporânea vol. 10 - Coordenação: Cláudio Brandão. Belo Horizonte: Editora D’Plácido, 2018.

BERTONCINI, Mateus E.; GUARAGNI, Fábio A.; MACEDO, Gustavo H. Modelos de constatação de provas em lides de improbidade administrativa e confisco alargado no processo penal. Revista Relações Internacionais no Mundo Atual, v. 3, n. 24, p. 1-19, 2019.

BITENCOURT, Cezar Roberto. Princípios Garantistas e a Delinquência do Colarinho Branco. In: Revista Brasileira de Ciências Criminais. Ano 3. Número 11. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, julho-setembro de 1995, pp. 118-127.

BITENCOURT, Cezar Roberto. Tratado de direito penal volume 1 - 26. ed. – São Paulo: Saraiva Educação, 2020. versão ebook.

BOTTINI, Pierpaolo Cruz. Crimes de perigo abstrato. 3a ed. rev. e atual. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2013.

BOTTINI, Pierpaolo Cruz. Lições da Itália ao Brasil na luta antimáfia contra organizações criminosas. Consultor Jurídico, 2019. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2019-jul-02/direito-defesa-licoes-italia-brasil-luta-organizacoes-criminosas#_ftn4>. Acesso em: 20 jun. 2021.

BOUCHT, Johan. Asset Confiscation in Europe – past, present, and future challenges. Journal of Financial Crime, v.26, n. 2, p. 526-548, 2019.

BRANDÃO, Cláudio. Teoria das conduta no direito penal. Brasília a. 37n. 148 out/dez 2000. Disponível em: <https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/631/r148-05.pdf?sequence=4&isAllowed=y>. Acesso em: 20 jun. 2021.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei 882/2019. 2019. Disponível em: <​https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=27211DD5E106AA089F394575C579F8FA.proposicoesWebExterno2?codteor=1712088&filename=PL+882/2019​>. Acesso em 20 jun. 2021.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei 3855/2019. 2019. Disponível em: <​https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=E1658FFBCD8A1E6DF3D6FC43703729C3.proposicoesWebExterno2?codteor=1448689&filename=PL+3855/2019+%28No+Anterior:+PL+4850/ 2016%29 ​>. Acesso em 20 jun. 2021.

BRASIL. Convenção de Viena de 1988 incorporada ao ordenamento brasileiro pelo Decreto no 154 de 26 de Junho de 1991. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1990-1994/d0154.htm>. Acesso em: 08 set. 2020.

BRASIL. Convenção de Palermo incorporada ao ordenamento brasileiro pelo Decreto no 5015 de 12 de Março de 2004. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5015.htm>. Acesso em: 08 set. 2020.

BRASIL. Convenção de Mérida incorporada ao ordenamento brasileiro pelo Decreto no 5687 de 31 de Janeiro de 2006. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5687.htm>. Acesso em: 08 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Justiça e Segurança Pública. EM n° 00014/2019 MJSP. 2019. Disponível em: <​http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Projetos/ExpMotiv/MJ/2019/14.htm ​>. Acesso em 20 jun. 2021.

BRASIL. Ministério Público Federal. “Ciclo de Debates - Pacote Anticrime: confisco alargado e demais medidas cautelares reais”. Evento online. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=LpEM9fS4mgw>. Acesso em: 20 jun. 2021.

BRASIL. Código Penal. 1940. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del2848compilado.htm>. Acesso em: 29 jul. 2021.

BRASIL. Conselho da Justiça Federal. I Jornada de Direito e Processo Penal - Painel 2 - Confisco alargado. Evento online. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=b9Zc6yIFZxk&feature=youtu.be>. Acesso em: 21 jun. 2021.

BRASIL. Conselho da Justiça Federal. I Jornada de Direito e Processo Penal. Disponível em: <​https://www.cjf.jus.br/cjf/noticias/2020/08-agosto/i-jornada-de-direito-e-processo-penal-aprova-32-enunciados>. ​Acesso em: 20 jun. 2021.

CALLEGARI, André Luís; WERMUTH, Maiquel ngelo Dezordi. Sistema penal e política criminal. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010.

CARDOSO, Luiz Eduardo Dias; BARBOSA, Reinaldo Denis. Análise Econômica da Perda Alargada. Revista de Direito Penal, Processo Penal e Constituição, v. 5, p. 96-112, 2019.

CARDOSO, Luiz Eduardo Dias. A perda alargada no "pacote anticrime": críticas e propostas de adequação. Boletim do IBCCRIM, v. 27, p. 18-20, 2019.

CARDOSO, Luiz Eduardo Dias. A inversão do ônus da prova na decretação da perda alargada: entre o Código Penal e a Lei n. 11.343/06. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 799-832, maio/ago. 2020.

CARRILLO DEL TESO, Ana E. Recuperación de activos en el sistema penal alemán: luces y sombras del actual régimen de decomiso de ganancias. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 577-616, maio/jun. 2020.

CORRÊA JUNIOR, Alceu. Confisco penal: alternativa à prisão e aplicação aos delitos econômicos. São Paulo: IBCCRIM, 2006. 203p.

CORREIA, João Conde. Da proibição do confisco à perda alargada. Lisboa: Imprensa Nacional, 2012, posição 659, versão kindle.

COSTA, Helena Regina Lobo da. Direito penal econômico e direito administrativo sancionador: ne bis in idem como medida de política sancionadora integrada. 2013. Tese de Livre Docência. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

DIETER, Maurício Stegemann. Parecer Técnico: Considerações sobre os Projeto de Lei apresentados pelo Ministro da Justiça Sérgio Moro reunidos sob título de "Projeto Anticrime”. Disponível em: <https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/grupos-de-trabalho/56a-legislatura/legislacao-penal-e-processual-penal/documentos/outros-documentos/parecer-tecnico-juridico-mauricio-stegemann-dieter/view>. Acesso em: 20 jun. 2021.

DUARTE, Ana Patrícia Cruz. O combate aos lucros do crime – o mecanismo da “perda alargada” constante da Lei n.o 5/2002 de 11 de janeiro: a inversão do ónus da prova nos termos do artigo 7.o e as suas implicações. 2013. 53 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Curso de Direito, Universidade Católica Portuguesa, Porto, 2013.

ESCOBAR VEAS, Javier. The Constitutionality of Parallel Civil Forfeiture Proceedings and Criminal Prosecutions under the Double Jeopardy Clause in the United States. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 701-733, mai./ago. 2020.

ESCOLA SUPERIOR DA ADVOCACIA DO PARANÁ. O combate à criminalidade organizada e o Estado de Direito. Evento online. Disponível em: <​https://www.youtube.com/watch?v=PAPCMXomsbw&t=6668s​ >. Acesso em: 20 de jun. 2021.

ESSADO, Tiago Cintra. Perda de bens e o novo paradigma para o processo penal brasileiro. Tese (Doutorado em Direito) – Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, 2014.

FERRAJOLI, Luigi. Derecho y razón: teoría del garantismo penal. Madrid: Editorial Trotta, 2000.

GIMENES, Marta Cristina Cury Saad. As medidas assecuratórias do Código de Processo Penal como forma de tutela cautelar destinada à reparação do dano causado pelo delito. 2007. Tese (Doutorado em Direito Processual Penal) – Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, São Paulo.

GUIMARÃES, Adriano Teixeira. Perdas das vantagens do crime no direito penal. Confisco alargado e confisco sem condenação. 1. ed. São Paulo: Marcial Pons, 2020. v. 1. 258p.

HASSEMER, Winfried. Direito penal: fundamentos, estrutura, política. Tradução de Adriana Beckman MEIRELLES et al. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris, 2008. p. 21-46.

HASSEMER, Winfried. Derecho penal simbólico y protección de bienes jurídicos. In: Pena y Estado: revista hispanolatinoamericana, Buenos Aires, n. 1, pp. 23-36., set./dez. 1991.

HASSEMER, Winfried. Introdução aos fundamentos do Direito Penal. Tradução: Pablo Rodrigo Alflen da Silva. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris Editor, 2005.

HASSEMER, Winfried; CONDE, Francisco Muñoz. La Responsabilidad por el Producto en Derecho Penal. Valencia: Tirant lo Blanch, 1995.

HASSEMER, Winfried. Límites del estado de derecho para el combate contra la criminalidad organizada. In: Revista Brasileira de Ciências Criminais, São Paulo, v. 6, n. 23, p. 25-30., jul./set. 1998.

HASSEMER, Winfried. Perspectivas de uma moderna política criminal. Revista Brasileira de Ciências Criminais, São Paulo, v. 2, n. 8, p. 41-51., out./dez. 1994.

HASSEMER, Winfried. Processo Penal e Direitos Fundamentais. In. Jornadas de Direito Processual Penal e Direitos Fundamentais (Coord. Maria Fernanda Palma). Transcrição da intervenção oral feita no Goethe-Institut Lissabon – tradução da conferência para língua portuguesa por Augusto Silva Dias. Editora Almedina. Portugal. Coimbra: Almedina, 2002.

JUNQUEIRA, Gabriel Marson. A recuperação de ativos, o regime do reconhecimento mútuo e os pedidos de cooperação judiciária relacionados a confisco non-conviction based em Portugal. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 765-798, mai./ago. 2020.

KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. Trad. Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. 10 ed. São Paulo: Perspectiva, 2011.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. - São Paulo: Atlas, 2003.

LINHARES, Sólon Cícero. Confisco alargado de bens: uma reflexão crítica sobre a política criminal de recuperação de ativos provenientes de práticas ilícitas. Tese (doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2016.

LOPES, João Felipe Menezes. Confisco de bens como instrumento de combate à criminalidade organizada: análise dos regimes estrangeiros e de sua compatibilidade com o ordenamento jurídico brasileiro. Revista da AJUFE, v. 28, n. 95, p. 207-240, 2o sem. 2015.

LUCCHESI, Guilherme Brenner; ZONTA, Ivan Navarro. Sequestro dos proventos do crime: limites à solidariedade na decretação de medidas assecuratórias. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, maio/ago. 2020

MACHADO, Luis Henrique. A “mescla” no crime de lavagem de dinheiro em conta bancária sob a luz do direito alemão. Um debate necessário no brasil. Disponível em: <https://www.conjur.com.br/dl/mescla-lavagem-luis-henrique-machado.pdf> . Acesso em: 20 jun. 2021.

MENDES, Gilmar Ferreira; BRANCO, Paulo Gonet. Curso de Direito Constitucional. - 10. ed. rev. e atual. - São Paulo: Saraiva, 2015

OLIVEIRA, J. M. F. et al. Combate à Corrupção: uma análise de Impacto Legislativo das propostas do Ministério Público: Núcleo de Estudos e Pesquisas/CONLEG/Senado, Agosto/2016 (Texto para Discussão no 205). Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2021.

PARRA LARA, Francisco José. Extinción de Dominio en México: Revisión de su estructura constitucional y convencional. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 667-700, mai./ago. 2020.

PEREIRA, Flávia Goulart. Os crimes econômicos na sociedade de risco. Revista Brasileira de Ciências Criminais, São Paulo, v. 12, n. 51, p. 105-131, nov/dez 2004.

Podcast “Escola Superior do MPSP”: Episódio “Direito ao pé do ouvido | Perda Alargada”. Palestrante: Tiago Cintra Essado. Debatedores: Mylene Comploier, Frederico Francis Mellone e Ricardo Andrade Saadi. Disponível em: <https://open.spotify.com/episode/3dDGZ7QY087UE4XbUI7QW4?si=YD1H9hFCTwaNUOLJE6Tj7w>. Acesso em: 20 jun. 2021.

QUEIROZ, Rafael Mafei Rabelo; FEFERBAUM, Marina. Metodologia jurídica: um roteiro prático para trabalhos de conclusão de curso, São Paulo: Saraiva, Série GVLaw, 2012.

QUEIROZ, Rafael Mafei Rabelo. Monografia jurídica passo a passo. São Paulo: Método, 2015.

RAMOS, Luciana de Oliveira et al. Relatório ICJ Brasil: 1o Semestre/2017. São Paulo: Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, 2017. Disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/19034/Relatorio-ICJBrasil_1_sem_2017.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 20 jun. 2021.

RIOS, Rodrigo Sánchez; PUJOL, Luiz Gustavo. Confisco alargado: reflexões acerca de suas possibilidades no ordenamento jurídico brasileiro. Revista Brasileira de Ciências Criminais, São Paulo, v. 24, n. 118, p. 123-158, jan./fev. 2016.

RIVERO EVIA, Jorge. La acción civil de extinción de dominio: el retorno al cuerpo del delito. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 617-666, mai./ago. 2020.

ROCHA, Silvio L. F.; MORGANTI, Daniela M. A constitucionalidade do confisco alargado e da ação de extinção de domínio. Revista Magister de Direito Penal e Processual Penal, v. 16, n. 93, p. 26-35, dez./jan. 2020.

RODRÍGUEZ-GARCÍA, Nicolás; ORSI, Omar Gabriel. La protección reforzada en España de los terceros afectados por el decomiso de bienes ilícitos. Revista Brasileira de Direito Processual Penal, Porto Alegre, vol. 6, n. 2, p. 539-576, mai./ago. 2020.

ROXIN, Claus. Derecho penal: parte general - tomo I. Fundamentos: las estructuras de la teoría del delito. Trad. Diego-Manuel Luzón Peña et all.Madrid: Civitas, 1997.

SANTOS, Juarez Cirino dos; SANTOS, June Cirino dos. Reflexões sobre Confisco Alargado. Boletim do IBCCRIM, ano 23, n. 277, dez. 2015. Disponível em: <https://arquivo.ibccrim.org.br/boletim_artigo/5679-Reflexoes-sobre-confisco-alargado>. Acesso em: 20 jun. 2021.

SARLET, Ingo Wolfgang – Direitos Humanos e Direitos Fundamentais: alguns apontamentos sobre as relações entre tratados internacionais e a constituição, com ênfase no direito (e garantia) ao duplo grau de jurisdição em matéria criminal. In. Criminologia e Sistemas Jurídico-Penais Contemporâneos II [recurso eletrônico]. Ruth Maria Chittó Gauer (Org.); Aury Lopes Jr. ... [et al.]. – Dados eletrônicos. – Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

SILVA SÁNCHEZ, Jesús-María. A expansão do Direito Penal: aspectos da política criminal nas sociedades pós-industriais. 3 ed. Trad. Luiz Otávio de Oliveira Rocha. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013.

SILVESTRE, Raquel C. R. Perda de bens. Efeito da sentença condenatória. Salvador: JusPodivm, 2018. p. 23-36.

SIMÕES, Euclides Dâmaso; TRINDADE, José Luís F. Recuperação de activos: Da perda ampliada à actio in rem (Virtudes e defeitos de remédios fortes para patologias graves). Revista Julgar on-line, p. 3, 2009. Disponível em: <http://julgar.pt/wp-content/uploads/2014/07/Recuperaçãodeactivosdaperdaampliadaàactioinrem.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2021.

SOUZA, Cláudio Macedo de; CARDOSO, Luiz Eduardo Dias. A perda alargada em face da principiologia processual penal brasileira. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 118, p. 233-271, 2016.

SUTHERLAND, Edwin H. Crime de colarinho branco: versão sem cortes. Trad. Clécio Lemos. Rio de Janeiro: Revan, 2015.

VIEIRA, Roberto D’Oliveira. Confisco Alargado: Aportes de Direito Comparado. Inovações da Lei no 13.964, de 24 de dezembro de 2019 - 2a Câmara de Coordenação e Revisão; coordenação e organização: Andréa Walmsley, Lígia Cireno, Márcia Noll Barboza; [colaboradores: Paulo Queiroz et al.]. – Brasília: MPF, 2020. 444 p. – (Coletânea de artigos; v. 7).

VIEIRA, Roberto D’Oliveira. Análise de direito comparado do confisco alargado: aportes da perda alargada para o Brasil. Dissertação (Mestrado) – Universidade Católica de Brasília, 2017. 134 f.

ZAFFARONI, Eugenio Raúl; PIERANGELI, José Henrique. Manual de direito penal brasileiro: parte geral. 11. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015.

ZAFFARONI, Eugenio Raúl; SANTOS, Ílison. A Nova Crítica Criminológica: Criminologia em tempos de totalitarismo financeiro. 1. ed. São Paulo: Tirant Lo Blanch Brasil, 2020. v. 1. 187p.

ZACKSESKI, Cristina; DUARTE, Evandro Piza. Garantismo e Eficientismo Penal: dissenso e convergência nas políticas de segurança urbana. In. Anais do Conpedi. Uberlândia, 2012. Disponível em: <http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=b23975176653284f>. Acesso em: 20 jun. 2021.

Publicado
2021-10-13
Como Citar
Buta, F. L. H. (2021). Confisco alargado de bens. Revista Da Defensoria Pública Do Distrito Federal, 3(2), 79-103. Recuperado de http://revista.defensoria.df.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/128